GPS Brasília

Festival Dulcina realiza terceira edição com 17 espetáculos

O Festival Dulcina, em sua terceira edição, retorna a Brasília entre 10 e 19 de novembro. Homenageando Dulcina de Moraes, o evento oferece uma programação diversificada para profissionais, estudantes e amantes do teatro. Com 17 peças, o festival ocorrerá em diferentes regiões administrativas e terá exposição em homenagem a Alexandre Ribondi, jornalista, escritor e teatrólogo. Entre as atrações, destaca-se uma peça vinda de Lima, no Peru. São 10 dias repletos de eventos que certamente cativarão a todos.

O Festival Dulcina 2023 traz inovações significativas este ano. Pela primeira vez, o evento abre portas para a internacionalização, incluindo a participação de Astrágalo, uma produção encenada nos dias 10 e 11, às 20h, no Teatro Galpão Hugo Rodas do Espaço Cultural Renato Russo, na 508 sul. A peça, um depoimento cênico da companhia Ópalo Teatro em coprodução com CAPAZ, expõe as práticas da traumatologia e ortopedia infantil no Peru das décadas de 70 e 80. Cleber Lopes, coordenador do evento, destaca a relevância do espetáculo em abordar a acessibilidade e a diversidade de corpos.

Além disso, outra grande novidade é a participação de peças das cinco regiões do Brasil pela primeira vez no festival. Espetáculos provenientes do Amazonas, Paraná, Ceará, Bahia, Mato Grosso, Minas Gerais e São Paulo foram incluídos. Lopes salienta a não centralização e a abertura para inscrições de todas essas regiões, resultando em um aumento significativo de inscrições, passando de 204 para 361 inscrições, um aumento de 80% em relação ao ano anterior. Esta resposta expressiva demonstra o grande volume de produções teatrais pelo país e o interesse em participar do festival, evidenciando o sucesso e o impacto positivo do trabalho proposto.

Compartilhe:

Confira também

Pular para o conteúdo